BEM ESTAR E NEUROCIÊNCIA

A vida tem suas turbulências e manter um estilo de vida saudável para o corpo e mente parece estar cada vez mais difícil.

Confira algumas dicas para estar de bem consigo mesmo.

1 – Expresse gratidão: quando agradecemos (a alguém, ou à própria vida), nos focamos no que deu certo para nós, no que há de positivo em nossa história. As boas lembranças estimulam a produção de serotonina no córtex singulado anterior.

2 – Resolva um problema de cada vez: encontrar uma solução para um problema demanda muito esforço do nosso cérebro e consome uma boa quantidade de energia, causando ansiedade e irritação. Ao passo que ao tomar uma decisão, neurotransmissores são liberados auxiliando a perceber o mundo a partir de uma perspectiva melhor. Dessa forma, ficar se preocupando com várias coisas ao mesmo tempo, só atrapalha na solução nos problemas.

3 – Desabafe: fale sobre seus sentimentos, principalmente sobre o que está incomodando, o fato de expressar o que não está bem também interfere na produção de serotonina, trazendo maior bem estar.

4 – Busque aconchego em um abraço: receber carinho é muito importante para o ser humano, podendo auxiliar até na recuperação de doenças físicas. Vários experimentos demonstram a importância do contato social e do afeto no bem estar humano. Receber um abraço e um afago interfere diretamente em nosso humor.

5 – Continue sempre aprendendo: ao invés de ficar muito tempo nas redes sociais investigando a vida das outras pessoas ou tentando provar que está feliz, busque aprender coisas novas. O cérebro tenta se adaptar a novas informações, e desta forma, tende a desenvolver-se e nesse processo libera a dopamina, o neurotransmissor ligado ao sistema de recompensa. Por isso, busque experimentar coisas novas, fazer coisas diferentes e aprender algo desafiador.

6 – Exercite seu corpo: os exercícios físicos geram certa tensão e estresse no momento da execução, porém, quando terminamos o treino, nosso cérebro libera endorfina. Esse hormônio está relacionado à redução da dor e auxilia a regular nosso humor. E nem precisa daquela academia cara, ou ficar várias horas malhando, uma simples caminhada ou dançar algumas músicas na frente da televisão já sugerem bons resultados.

7 – Tenha um sono reparador: durma no escuro e a quantidade de horas que seu corpo precisa por dia. A escuridão é importante, pois é nela que acontece a produção da melatonina, que desacelera os processos do organismo, auxilia na sua reparação e na produção de serotonina no hipotálamo. Por isso ao dormir, apague as luzes, desligue o celular e a televisão, feche janelas e cortinas e assim, permita seu corpo recuperar energias e reestabelecer o sistema imunológico em um sono efetivo.

8 – Aprenda a perdoar (genuinamente): Segundo a neurocientista Suzana Houzel, a mágoa e ódios crônicos são responsáveis por manter elevados níveis de estresse e também por trazer perturbações ao sono. Ao evocar memórias da mágoa, o cérebro não diferencia que você está vivenciando aquilo ou se é só uma lembrança, liberando neurotransmissores do estresse cada vez que recorda. Por isso, o perdão é libertador: permite que você viva novas possibilidades e sinta-se mais satisfeito consigo mesmo.

Essas dicas podem parecer muito simples, mas por em prática dia após dia, pode ser uma tarefa complexa.

Se você está encontrando dificuldades para se sentir bem, uma terapia ou tratamento holístico pode ser o apoio que você precisa. Essas ferramentas podem te ajudar no seu processo de autoconhecimento e a buscar um estilo de vida mais saudável.

Acesse: https://luzdasestrelas.com.br/mentoria-quantica-luz-das-estrelas/ Se inscreva: http://bit.ly/2HN1wnn

Gratidão! Equipe Luz Das Estrelas 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *